Notícias


26/11/2019 10:55

Júlio é contra as altas tarifas bancárias aos clientes

Na sexta-feira (8), durante sessão na Câmara dos Deputados, o deputado Júlio César cobrou ao presidente do Banco Central, Campos Neto, mais rigor na fiscalização das cobranças das taxas bancárias.

Segundo o deputado, os valores cobrados aos clientes são exorbitantes, e muitas vezes pagam absurdos durante o mês em saques realizados em caixas eletrônicos. Ele focou nos cinco maiores bancos do país, que cobram diversas tarifas por serviços utilizados pelos consumidores.

“A tarifa que mais me chamou atenção é a do saque do caixa eletrônico. É um absurdo, pois é a mais utilizada. R$ 2,55 do Banco do Brasil e tem banco particular que cobra R$ 3”, destacou o parlamentar.

Júlio afirmou, que em 2018, os bancos lucraram perto de R$ 40 bilhões e não há tributos para as instituições financeiras.

“O que o Banco Central tá fazendo para tributar o lucro dos bancos? Só com tarifas e serviços paga toda folha, paga encargos, distribui dividendo com os funcionários e ainda lucra”, finalizou o deputado.